Brasil tem 44% de estudantes no mercado de trabalho

O ranking apontou que jovens entre 15 e 16 anos trabalham e estudam

Segundo o dados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA), divulgados ontem (19), o Brasil é um dos seis países com maior taxa de jovens estudantes. A OCDE (Organização para Cooperação de Desenvolvimento Econômico) fez um levantamento, no qual constatou que 43,7% dos jovens brasileiros exercem alguma atividade remunerada antes ou depois de irem à escola. A análise da organização concluiu que os estudantes apresentaram um desempenho inferior em ciência, do que aqueles que não trabalham. Eles também estão na maioria que não se sentem enquadrados no ambiente escolar, em deixar a escola e/ou faltar e chegar atrasado nas aulas.

80% dos alunos sentem-se ansiosos em relação a provas

Mesmo estando bem preparados, 80,8% dos alunos afirmaram se sentir ansiosos em relação a alguma atividade avaliativa. Além disso, 56% dos alunos brasileiros ficam tensos quando estudam. Em todos os países analisados pelo Pisa, as meninas apresentaram níveis de ansiedade maiores que os meninos.

O que é o Pisa?

O Programa Internacional de Avaliação de Alunos, também chamado popularmente no Brasil de Enem Internacional, é uma rede mundial de avaliação de desempenho escolar, realizado pela primeira vez em 2000 e repetido a cada três anos. Com informações do UOL.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*