Arquivos de Tag: educomunicação

DE BANDEJA: Alunos de Teofilândia distribuem notícias de jornal pela cidade

99b7a6b9-c366-41f8-8a69-f5b56afa21ed

Da Redação Em comemoração ao 54º aniversário de Teofilândia (a 104 km de Salvador), alunos da Escola Miguel Gomes espalharam pelo município notícias sobre a história da cidade de uma forma diferente. Recortes de jornal foram colados em bandejas de isopor e distribuídos para a população. De acordo com a coordenadora pedagógica da escola, Danielle de Carvalho, a atividade teve como proposta incentivar a leitura dos alunos e dos moradores. “É uma excelente oportunidade para levarmos informações à nossa comunidade mais carente em diversas regiões da  cidade, pessoas que muitas vezes só têm acesso ao noticiário pela televisão, além de fazer com que os estudantes conheçam outras realidades”, disse a coordenadora. Realizado por alunos entre 13 e 15 anos, o projeto  Notícia em Bandeja faz parte das atividades desenvolvidas em parceria com o jornal A TARDE, por intermédio do programa A TARDE Educação. Articuladora A articuladora do programa em Teofilândia, Marleide Matos, vê a proposta como forma de “democratizar a história”. Segundo ela, “muita gente, principalmente dos povoados menores, não conhecia um jornal impresso e, quando a notícia foi apresentada, todos  receberam com muita satisfação”. Presente em 27 municípios de diversas regiões baianas, o programa A TARDE Educação tem como proposta formar professores e técnicos das secretarias de educação para utilização de meios de comunicação, sobretudo o jornal impresso, como aliados no desenvolvimento de atividades educacionais. Leia Mais »

Cidade do Saber oferece curso de “Matemática para o Mercado de Trabalho”

Cidade do Saber

Da Redação Considerada um “bicho de sete cabeças”, matemática é vista como vilão por muitos estudantes. Com objetivo de facilitar a compreensão da disciplina a Secretaria da Mulher, em parceria com a Prefeitura de Camaçari (Ba), e com o Instituto Federal da Bahia – Ifba, oferecem o curso de “Matemática para o Mercado de Trabalho”. Direcionado para pessoas com idade a partir dos 16 anos e que tenham concluído o ensino fundamental Iº e/ou o 2º grau completo, o curso visa desenvolver competências e habilidades para a resolução de situações-problemas, desde a compreensão do sistema de numeração decimal, no contexto diário, à utilização das quatro operações, com a utilização de objetos de aprendizagem e mídias digitais. Com três turmas formadas, a qualificação prossegue com vagas disponíveis para aulas nas  segundas e quintas-feiras, na Cidade do Saber. Nas terças-feiras o curso é realizado no Centro de Referência na Atenção à Mulher Yolanda Pires, das 14h às 18h. Os interessados em participar da capacitação devem comparecer à sede da Semu, na Avenida Comercial, Ed. Vargas Leal, ala B, sala 108 a 111, 1º andar – Centro. O atendimento acontece das 8h30 às 16h e é necessário apresentar RG e CPF. Com 45 horas, o curso tem aulas uma vez por semana, e o encerramento está previsto para o início mês de junho. A ação conta ainda com o apoio do Comitê de Homens pelo Fim da Violência Contra a Mulher. O IFBA é o responsável pela certificação. Leia Mais »

IFBA realiza inscrição de estudantes para revista literária

leitura

O Ins­ti­tuto Fe­deral de Edu­cação, Ci­ência e Tec­no­logia (IFBA) está com as ins­cri­ções abertas até esta quinta-feira (14/4) para os es­tu­dantes da rede es­ta­dual do mu­ni­cípio baiano de Santo Antônio de Jesus (a 196 km de Sal­vador) e ci­dades cir­cun­vi­zi­nhas que de­sejam par­ti­cipar da se­gunda edição da re­vista di­gital ‘Te­cendo His­tó­rias’. Os in­te­res­sados podem se ins­crever no curso de pro­dução tex­tual – que visa a pre­pa­ração para a ela­bo­ração da nova pu­bli­cação – até esta quinta (14/4), na sede do IFBA, em Santo Antônio de Jesus, em ho­rário co­mer­cial. O ob­je­tivo do curso de pro­dução tex­tual, ex­plica a co­or­de­na­dora do pro­jeto, a pro­fes­sora An­drea Bar­reto, é “pro­pi­ciar a in­te­ração, o de­sen­vol­vi­mento das ha­bi­li­dades de lei­tura e es­crita dos es­tu­dantes en­vol­vidos no pro­cesso e a apro­pri­ação da fer­ra­menta ne­ces­sária à edi­to­ração de pu­bli­ca­ções ele­trô­nicas”. Além disso, de­talha, as ati­vi­dades de lei­tura, pro­dução tex­tual e ca­pa­ci­tação dos alunos da rede para a cri­ação da re­vista di­gital visa, so­bre­tudo, a pro­dução do co­nhe­ci­mento através do res­gate das me­mó­rias im­por­tantes sobre o lugar onde moram, es­ti­mu­lando, em cada um, a va­lo­ri­zação do per­ten­ci­mento. “Eles acei­taram o nosso con­vite para a pri­meira edição da re­vista e pro­du­ziram textos bri­lhantes. A ex­pe­ri­ência durou cinco meses (agosto a de­zembro de 2015) e rendeu 14 textos, sendo que três deles foram pre­mi­ados na ter­ceira edição do Con­curso Jovem Jor­na­lista do Jornal A TARDE”, re­lata An­dréa Bar­reto. Os textos dos es­tu­dantes pu­bli­cados na re­vista ‘Te­cendo His­tó­rias’ – que é o pro­duto final do pro­jeto –  podem ser aces­sados através do en­de­reço http://​www.​youblisher.​com/​p/​1359578-/.​ Leia Mais »

Alunos da rede estadual podem se inscrever em concurso de vídeos educativos para saúde

video-foto-audiovisual-

Para fortalecer as práticas educativas voltadas à saúde entre os estudantes da rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, lançou o edital de concurso de vídeos “Saúde na escola – promovendo a Educação para a Saúde”. A proposta é que os estudantes produzam vídeos, com até cinco minutos de duração, com base nas seguintes temáticas: prevenção a DST/ Aids; prevenção e controle a dengue/ chikungunya/ zika vírus; prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas; promoção à cultura de paz; promoção à alimentação saudável e promoção à saúde ambiental e o desenvolvimento sustentável. Os vídeos devem ser produzidos até o dia 23 de setembro. Saiba mais sobre o concurso Podem participar estudantes regularmente matriculados nas escolas estaduais. Cada produção deve contar com a participação de até três estudantes, sob a orientação de um professor. “Conhecer todos esses problemas socioambientais é fundamental, porque leva a uma mudança comportamental, à adoção de hábitos mais saudáveis e, consequentemente, à redução das vulnerabilidades dos nossos estudantes, e isso vai ter uma repercussão positiva, que é a melhoria dos indicadores de saúde do nosso Estado”, destacou Fábio Barbosa, coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Na sua segunda edição, o concurso de vídeos educativos para a saúde será dividido em três etapas. A primeira é a seleção dos vídeos nas unidades escolares, a etapa seguinte é a seleção dos vídeos pelos Núcleos Regionais de Educação que terá uma comissão julgadora que vai selecionar até seis vídeos sendo, obrigatoriamente, um de cada subtema, e a última etapa ocorrerá na Secretaria da Educação do Estado da Bahia, nos dias 17 e 18 de novembro de 2016 onde serão eleitos os vídeos finalistas. O resultado final será divulgado, por meio do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), no dia 01 de dezembro de 2016. Os premiados receberão um notebook e o professor orientador levará uma placa de menção honrosa como reconhecimento pelo trabalho pedagógico realizado junto aos estudantes. Com informações da Sec. da Educação da Bahia. Leia Mais »

Google premia estudantes com viagens à sede da empresa; inscreva-se

Google_Science_Fair_2014_-_Creditos_Scott_Stuppi_e_Google1-910x607

Da Redação Estudantes do mundo inteiro entre 13 e 18 anos podem se inscrever para a Google Science Fair, uma competição com o objetivo de incentivar os adolescentes a apresentarem ao mundo uma invenção, pesquisa ou projeto desenvolvidos por eles. O Brasil ocupa um lugar de destaque, sendo um dos cinco países que mais enviam projetos. O Google dará mais de US$ 100 mil dólares em premiações. Além disso, os vencedores de cada prêmio concedido pela empresa e parceiros da Google Science Fair ganharão uma bolsa de estudos, um ano de mentoria com um profissional da área de ciências e uma viagem com tudo pago para a sede do Google, na Califórnia (EUA). A feira já contou com projetos enviados por estudantes de mais de 90 países. Tanto o envio como a avaliação de todos os projetos é feita on-line: dessa maneira, os estudantes precisam apenas de uma boa ideia na cabeça e uma conexão de internet para poder participar (os projetos podem ser enviados em até 15 idiomas diferentes, português incluso). Faça a sua inscrição no site da competição até o dia 17 de maio. Cronograma 17 de maio – encerramento das inscrições 18 de julho – anúncio dos finalistas regionais e vencedores do novo Prêmio de Impacto na Comunidade 11 de agosto – anúncio dos finalistas globais 27 de setembro – evento final  e entrega dos prêmios em Mountain View, na Califórnia Premiações concedidas Valor total de US$ 125 mil dólares Prêmio Principal – US$ 50 mil Prêmio Inovador da Scientific American – US$ 15 mil Prêmio Construtor da Lego Education – US$ 15 mil Prêmio Explorador da National Geographic – US$ 15 mil Prêmio Pioneiro da Virgin Galactic – US$ 15 mil Prêmio de Impacto na Comunidade Local – US$ 5 mil Prêmio Educador Inspirador – US$ 10 mil Leia Mais »

Estudantes têm até hoje (29) para aderir à lista do ProUni

VIROTE IBES CRIA CAMPANHA PUBLICITÁRIA PARA O GRUPO A TARDE

Redação A TARDE Os estudantes que não foram pré-selecionados para as bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem aderir à lista de espera até esta segunda-feira, 29. A lista será usada pelas instituições de ensino para ocupar as bolsas de estudo que não foram preenchidas nas etapas anteriores. O ProUni oferece bolsas de estudo de até 100% do valor da mensalidade em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta primeira edição de 2016, o programa teve 1.599.808 candidatos inscritos para concorrer a 203.602 bolsas. Para aderir à lista, basta acessar o site do ProUni e confirmar a participação. A relação dos candidatos participantes será divulgada no dia 3 de março. Todos os estudantes incluídos na lista deverão comparecer, entre os dias 8 e 9 de março, às instituições de ensino e entregar a documentação que comprova as informações prestadas na inscrição. Os estudantes serão convocados pelas instituições de acordo com a nota que tiraram no Enem de 2015. O candidato pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção feita na hora da inscrição no programa. Pode participar tanto aquele que não foi selecionado nas chamadas regulares quanto os que foram pré-selecionados na segunda opção de curso, mas que não tiveram turma formada. Apenas aqueles cujas turmas correspondentes à primeira opção de curso não foram formadas, podem participar da lista de espera para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Leia Mais »

Escolas já podem se inscrever na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática

girl-998988_960_720

Flávia Villela | Agência Brasil Escolas públicas de todo o país podem inscrever seus alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e do ensino médio na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). As inscrições começaram nesta segunda-feira (22) e vão até o 1º de abril, no site da competição. O processo de seleção dos estudantes tem duas fases: a primeira acontece no dia 7 de junho e a segunda, em 10 de setembro. Os vencedores serão anunciados no dia 30 de novembro. Serão premiados 6,5 mil alunos (500 medalhas de ouro, 1,5 mil medalhas de prata e 4,5 mil medalhas de bronze) e concedidas cerca de 46 mil menções honrosas. Os medalhistas poderão participar do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC-OBMEP) e o aluno com participação regular no PIC tem direito à bolsa de Iniciação Científica Jr. do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq/MCTI). Organizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), a olimpíada tem como objetivo revelar e estimular talentos, além de incentivar o estudo da matemática. Em 2015, a competição teve a participação de mais de 47,5 mil escolas, localizadas em 99,48% dos municípios brasileiros, que inscreveram cerca de 18 milhões de alunos na primeira fase. De acordo com o diretor-geral do Impa, Marcelo Viana, a olimpíada tem sido instrumento extraordinário para a descoberta e o estímulo de talentos, em um país com baixo desempenho em matemática na comparação com outras nações. “Em muitas escolas e municípios em todo o país, ela [olimpíada] vem ajudando a mudar a cultura em torno da matemática, estimulando professores a ensinar e os alunos a aprender a disciplina de modo muito mais motivador e ajudando a conectar a mesma com a experiência diária”, disse. “O ensino de matemática proporcionado na maioria das salas de aula no nosso país é muito deficiente, rotineiro e desmotivante para o aluno”, avaliou. Viana destacou a competição tem oferecido oportunidades únicas para muitos estudantes Brasil afora. “O aluno Sandoel de Brito Vieira, de Cocal do Alves, Piauí, medalhista da OBMEP acaba de ser admitido no programa de doutorado no Impa. O sonho dele é ser pesquisador em matemática e ele está a caminho de realizá-lo”, citou. A competição Na primeira fase da OBMEP, o estudante precisa ... Leia Mais »

Salas de cinema deverão ser instaladas em escolas até o final do ano; afirma Governador

filme-sessao-pipoca-cinema-documentario-sofa

Da Redação  A TARDE Online O governador Rui Costa anunciou  que pretende fazer a instalação de salas de cinema nos colégios estaduais até o final deste ano. O pronunciamento foi realizado na aula inaugural, no Centro Educacional Carneiro Ribeiro (Escola Parque), na última quarta-feira (17) que marca o início do ano letivo na rede estadual de ensino. Rui disse que as escolas públicas do estado devem se constituir em “local de acesso à cultura e ao conhecimento, e, por isso mesmo, precisam estar abertas à família e à comunidade”. Ele destacou que o projeto de salas de cinema nas escolas será executado pelas secretarias estaduais da Educação e Cultura. “Esta é a oportunidade que os jovens de famílias simples têm de sonhar e construir o futuro”, disse o governador, lembrando que em toda a sua trajetória de aprendizado sempre estudou em instituições públicas. Outro projeto De acordo com a Secretaria da Educação da Bahia, há alguns anos os alunos da rede estadual usufruem das ferramentas artísticas, através do projeto de Produções de Vídeos Estudantis (Prove). O Projeto tem o objetivo de desenvolver o potencial educativo e artístico dos alunos, por meio da experiência fílmica, da criação de roteiros e de vídeos para a produção, diversificação e socialização de saberes. Além do Prove, de segundo a Secretaria, os estudantes da rede também têm acesso ao “cinema”, de outras maneiras, já que professores sempre estão utilizando filmes como alternativa para o aprendizado dos alunos. Leia Mais »

Quatro filmes na Netflix que fazem repensar formatos da educação

Girl Rising

Com a febre dos canais fechados, séries e especiais a televisão tem perdido cada vez mais espaço para as novas possibilidades de entretenimento visual. A possibilidade de ter um cinema dentro de casa tem fascinado o público mundial e a empresa Netflix, uma espécie de cardápio de produtos audiovisuais, é um dos principais financiadores dessa nova tendência. Pensando na aplicação dos recursos audiovisuais na sala de aula, e em outros ambientes educativos, o site Carta e Educação reuniu quatro produções cinematográficas que permitem repensar a formação que é dada para crianças e jovens mundo a fora. Confira: A Onda Diante de uma turma desmotivada e a obrigação de ensinar o conceito de autocracia, um professor decide discorrer sobre o assunto por meio de uma experiência prática envolvendo seus alunos. Mas o que era para ser um mero exercício de reflexão ganha força e foge de seu controle. No filme alemão “A Onda”, de 2008, o diretor Dennis Gansel mostra como a sociedade ainda está suscetível a repetir erros históricos como o fascismo e o importante papel que a escola desempenha na formação dos jovens. Tarja Branca “Eu tô pela revolução que falta, que é a revolução da criança”, resume uma das entrevistadas do filme Tarja Branca. O documentário dirigido por Cacau Rhoden elenca depoimentos de educadores, psicólogos, acadêmicos, entre outros para mostrar a importância da brincadeira na sociedade não só durante a infância, mas também na vida adulta. Produção da Maria Farinha Filmes, o filme é um lembrete importante sobre o resgate do lúdico no nosso dia a dia e como uma aprendizagem mais significativa pode nascer dessa interpretação. Girl Rising A luta de nove meninas de diferentes parte do mundo pelo direito de estudar embala esse filme inspirador dirigido por Richard Robbins e lançado em 2013. Com idades entre 7 e 16 anos e vivendo em países como Afeganistão, Etiópia, Haiti e Índia, estas personagens relatam as dificuldades e barreiras para frequentar a escola em suas comunidades e culturas, exemplificando a situação de 66 milhões de meninas mundo afora. O documentário também mostra a relação entre a inclusão feminina na educação e o fim da pobreza. A Educação Está Proibida  O documentário argentino se debruça sobre a necessidade de pensar novos formatos para a educação. Para ... Leia Mais »

CAMINHOS: Coordenador Pedagógico versus Jornada Pedagógica

41a0b97e3f0d

Naiani Pinheiro* Sabe-se que o trabalho do Coordenador Pedagógico é fundamental para a organização e andamento da unidade escolar. Diante disso, seu trabalho se inicia antes mesmo da Jornada Pedagógica, pois é ele quem irá organizar e decidir juntamente com a gestão o que será trabalhado neste momento. A cada ano a Jornada Pedagógica vem adquirindo mais força e os profissionais da educação estão compreendendo seu verdadeiro sentido, sendo que, este é o período de proporcionar um momento de integração com os professores, mostrando informações sobre suas turmas, fazendo-os conhecer o modo que a escola trabalha, além de informá-los sobre as demandas que a mesma possui. Nestes dias se é discutido sobre o planejamento, mas ao contrário dos planejamentos feitos diariamente, este tem o objetivo de traçar como se dará o trabalho de todo o ano letivo. O planejamento anual que deve ser orientado pelo Coordenador Pedagógico diz respeito como o professor irá trabalhar, de que forma acontecerá a Atividade Complementar (AC), quais meios serão utilizados para integrar a escola à comunidade e fazer com que a família se torne ainda mais presente, além de analisar projetos, sequências didáticas, datas comemorativas, dentre outros quesitos a serem trabalhados no atual ano letivo. Há questões que possibilitam ao professor um grande auxílio em seu planejamento no decorrer do ano que é a construção ou análise do plano de curso, a revisão do Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola e as formações continuadas. É de fundamental importância a presença do Coordenador nesta ocasião, pois é ele quem propiciará momentos com a equipe pedagógica oportunizando discussões com questões que poderão nortear o trabalho do professor durante todo o ano letivo.  *NAIANI PINHEIRO é graduada em Pedagogia pela UFRB, atualmente atuando como Coordenadora Pedagógica na Escola Municipal Raimundo Cardoso de Andrade no Município de Brejões-BA. Leia Mais »