Arquivos de Tag: estudantes

Universidade Para Todos abre inscrições dia 17 de maio

<div> <p style=”text-align: justify;”><img class=” wp-image-29270 aligncenter” src=”http://educacao.atarde.uol.com.br/wp-content/uploads/2016/05/universidade-para-todos7-600×300.jpg” alt=”universidade-para-todos7″ width=”645″ height=”327″ /></p> <h6 style=”text-align: justify;”>Ascom/Sec</h6> <p style=”text-align: justify;”>A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abre as inscrições para o curso Universidade Para Todos, no período de 17 a 24 de maio, exclusivamente, no Portal da Educação. Estão sendo ofertas 12.825 vagas. As aulas preparatórias para o vestibular e para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com aulas de Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia, são realizadas em Salvador e mais 177 localidades do Estado da Bahia, em 27 Territórios de Identidade.</p> <p style=”text-align: justify;”>“O Programa Universidade Para Todos é mais uma oportunidade para os estudantes egressos da rede pública de ensino e para os estudantes do 3º ano do Ensino Médio ou do 4º ano da Educação Profissional se prepararem para ingressar no ensino superior, o que contribui para a democratização da educação na Bahia”, afirma a coordenadora do projeto, Patrícia Machado.</p> </div> <div style=”text-align: justify;”></div> <div style=”text-align: justify;”>Podem participar estudantes regularmente matriculados, em 2016, no 3º ano do Ensino Médio regular seriado ou no 4º ano da Educação Profissional integrado ao Ensino Médio da rede pública estadual e/ou municipal do Estado da Bahia. Também estão aptos a se inscrever os alunos que tenham cursado o Ensino Fundamental II (5ª à 8ª séries / atual 6º ao 9º anos) ou modalidades correspondentes e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio regular em escolas públicas municipais e/ou estaduais no Estado. Também podem se inscrever, egressos da rede pública de ensino estadual e/ou municipal do Estado da Bahia, ou seja, que tenham os Ensinos Fundamental II e o Médio, regular seriado ou modalidades correspondentes, cursados em escolas públicas municipais e/ou estaduais no Estado.</div> <div> <div style=”text-align: justify;”></div> <div style=”text-align: justify;”><strong>Matrícula -</strong> A matrícula dos selecionados no projeto Universidade Para Todos será realizada entre os dias 6 a 10 de junho e as aulas começam no dia 6 de junho.</div> <div style=”text-align: justify;”></div> <div style=”text-align: justify;”><strong>Universidade para Todos  –</strong> O projeto é desenvolvido em parceria com as universidade estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc). O projeto oferece aulas regulares de segunda a sexta-feira, além de atividades complementares como seminários, oficinas, revisão para o Enem, aulões, simulados e orientação vocacional. ... Leia Mais »

Visita ao jornal A TARDE pode ser agendada a partir de 5ª

<p><img class=” size-large wp-image-29186 aligncenter” src=”http://educacao.atarde.uol.com.br/wp-content/uploads/2016/03/650x375_a-tarde_1620400-600×346.jpg” alt=”650x375_a-tarde_1620400″ width=”600″ height=”346″ /></p> <h6>Da redação</h6> <p style=”text-align: justify;”>Alunos de escolas, faculdades e instituições que trabalham com educação poderão marcar visitas para conhecer as instalações do Grupo A TARDE a partir desta quinta-feira, 24.</p> <p style=”text-align: justify;”>A visita, que é promovida pelo Grupo A TARDE em parceria com o programa A TARDE Educação, pretende apresentar o processo da produção do jornal. O passeio inclui os setores de impressão, redação, rádio e acervo do jornal, onde estão catalogadas importantes e raras publicações.</p> <p style=”text-align: justify;”>As visitas acontecerão às quartas-feiras. O agendamento pode ser feito pelos telefones: (71) 3340­8563 ou 3340-8782.</p> <p>&nbsp;</p> Leia Mais »

Estudantes participam de concurso de redação em comemoração ao Dia da Água

ASCOM / SEC Para comemorar o Dia Mundial da Água (22 de março) de uma forma diferente, os estudantes do Colégio Estadual Bolívar Santana, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), irão soltar a imaginação na elaboração de textos sobre a temática da água. Eles participam, nesta segunda-feira (21/3), do I Concurso de Redação, promovido pela Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb), órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado da Bahia. Esta parceria é uma das ações desenvolvidas pela Secretaria da Educação do Estado nas escolas estaduais em comemoração ao dia da água, visando alertar a comunidade escolar e a sociedade sobre a importância de preservar este bem comum. “O importante é que iniciativas voltadas ao tema não fiquem restritas ao dia 22 de março. Medidas relacionadas ao consumo consciente da água devem ser adotadas no nosso cotidiano com ações que visam a sustentabilidade do nosso planeta”, ressalva o coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Fábio Barbosa. O objetivo do concurso de redação no Colégio Estadual Bolívar Santana é sensibilizar e envolver a comunidade escolar na construção da cultura de preservação da água, explica o diretor administrativo e financeiro da Cerb, Marcelo Oliveira. “O concurso, no caso, é uma forma de inclusão socioeducativa para incentivar os alunos da rede pública a preservar o bem maior da natureza”, destaca. Além disso, completa, o projeto “busca aproximar a empresa da comunidade estudantil do seu entorno, desenvolvendo o uso consciente da água”A prova de redação acontece nos turnos matutino e vespertino desta segunda. A comissão julgadora é formada por professores da Escola Bolívar Santana e representantes da Cerb. A premiação dos três primeiros alunos colocados acontecerá no dia 30/3, às 9h, no auditório da Cerb, no CAB. Leia Mais »

Estudantes baianos representam a rede estadual na maior mostra de projetos em Ciência e Engenharia do país

ASCOM / SEC Estudantes da rede estadual de ensino irão participar, a partir desta terça-feira (15) até quinta-feira (17), da 14ª mostra de projetos da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). Esta é a maior mostra de projetos pré-universitários em Ciências e Engenharia do país. Dos 20 projetos da Bahia selecionados para Febrace, 14 são de estudantes das escolas estaduais. O evento, que acontece na Escola Politécnica  da Universidade de São Paulo (USP), tem como objetivo estimular o comprometimento do jovem pelo estudo científico. O desenvolvimento social e tecnológico de projetos como estes, faz parte do programa Educar para Transformar. De acordo com informações da Febrace, os 341 projetos finalistas foram selecionados entre um grupo de mais de 2,2 mil, submetidos diretamente pelos estudantes ou por meio das 125 escolas afiliadas. Os projetos abrangem diversas áreas do conhecimento e se destacam por oferecer soluções criativas para problemas reais, a exemplo de novos mecanismos de controle do mosquito Aedes aegypti ou de tecnologias para reduzir acidentes por embriaguez ao volante ou monitorar e resgatar crianças esquecidas em automóveis. Idealizado pelas estudantes Laíse Conceição de Brito e Beatriz de Souza, do Colégio Estadual Padre João Montez, em Pojuca, o projeto Abordagem das Viroses (Zika e Chikungunya) nas Instituições de Ensino da Cidade, destaca a importância da participação das escolas no combate ao mosquito transmissor. “Percebemos que estudantes e professores, por diversas vezes faltaram às aulas por terem sido acometidos principalmente pela Zika. Nesse sentido, entendemos que as escolas atuar para ajudar no processo de prevenção, através de palestras, visitas de agentes da saúde e formação de professores. Acreditamos que juntos somos mais fortes, é esse o objetivo do nosso projeto”, explicou a estudante Laíse. Outro projeto que representa a rede estadual na Febrace é o Reciclagem: Uma Ideia Que Muda Você, construído pelos estudantes do Colégio Estadual Padre Luiz Soares Palmeira, do município de Vitória da Conquista, Rodrigo Santos e João Ítalo Pereira. O projeto traz maquetes, réplicas e protótipos, utilizando materiais descartáveis, para promover uma compreensão mais ampla em relação ao meio ambiente e transformar essa consciência em ação. “Eu sempre gostei de reciclagem, desde pequeno, então, junto com o meu amigo resolvemos elaborar um projeto mostrando a importância da reciclagem”, disse Rodrigo Santos. Professor Destaque ... Leia Mais »

4º Encontro Estudantil da Rede Estadual acontece nesta quarta-feira (02)

A Arena Fonte Nova se tornou palco para as produções educativas da rede estadual. Milhares de visitantes chegaram ao espaço, nesta quarta-feira (2), para o primeiro dia do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual. No evento, que já se consolida como o maior do segmento da região Nordeste, os estudantes das escolas estaduais da capital e do interior, pais, professores e público em geral, foram recepcionados pelas bandas de fanfarras do Colégio Estadual Luis Navarro de Brito, do Colégio Estadual João Caribé e do Colégio da Polícia Militar João Florêncio. O secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto, destacou a importância dos projetos estruturantes para a uma educação de qualidade. “O 4º Encontro é a culminância de um rico processo de inovação e diversificação dos saberes, consolida as políticas públicas educacionais para a juventude estudantil, dinamiza o ambiente escolar, viabilizando as diversas formas de aprendizagem. A socialização dessas experiências é um momento ímpar para a comunidade escolar e cria perspectivas de futuro para nossos jovens”, afirmou. Projetos – O 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual segue até sexta-feira (4), com criações estudantis desenvolvidas nas escolas da rede estadual, da capital e do interior. Serão apresentadas durante o evento as finais do 8º Festival Anual da Canção Estudantil (Face), 8ª Mostra de Artes Visuais Estudantis (AVE), 7º Sarau do projeto Tempos de Arte Literária (TAL), 4ª Mostra das Aventuras Patrimoniais (EPA), 3ª Mostra de Vídeos Estudantis (Prove), 2ª Mostra de Dança Estudantil (Dance) e 2ª Mostra de Canto Coral Estudantil (Encante). O Encontro Estudantil ainda contempla os Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), a Feira de Ciência e de Matemática, Encontro e Feira de Tecnologias Sociais da Educação Profissional, Encontro de Líderes de Classe, além de experiências desenvolvidas no Centro Juvenil de Ciência e Cultura, pela Rede Anísio Teixeira e o Programa Todos pela Alfabetização (Topa). Fonte: Ascom – Assessoria de Comunicação, Secretaria de Educação do Estado   Leia Mais »

Comunidade participa da ‘Caminhada do Bem’ da Escola Parque

Pelo oitavo ano consecutivo, a comunidade escolar do Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque desfilaram pelas ruas do bairro da Caixa D´Água, em Salvador, onde fica a unidade escolar da rede estadual. A já tradicional ‘Caminhada do Bem’, que teve como tema ‘As águas vão rolar’, aconteceu nesta sexta-feira (27), e reuniu cerca de 1.500 pessoas, entre estudantes, familiares, professores, funcionários, coordenadores e diretores da Escola Parque e das Escolas Classes e a população em geral. Dividida por alas temáticas, a ‘Caminhada do Bem’ teve como objetivos estimular a paz e conscientizar a população sobre a importância da preservação do meio ambiente. Os participantes desfilaram caracterizados com figurinos específicos de cada ala e vestidos com a farda da escola, levando cartazes com versos de letras de música que falam sobre questões ambientais. “Na ‘Caminhada do Bem’, os estudantes trazem a público os conteúdos trabalhados em sala de aula, ao longo do ano letivo, por meio de faixas e bandeiras. Buscamos estimular a harmonia, a interação e a valorização do nosso meio. Por isso, realizamos esta atividade externa como uma forma de socializar com a população a importância de buscar novas atitudes para a preservação do meio ambiente”, explicou o diretor da Escola Parque, Gedean Ribeiro. Participantes – Com “o samba no pé”, ao som da fanfarra da Escola Parque, dona Julieta Sá, 81 anos, aluna do programa de Educação Física da Melhor Idade, da unidade escolar, era uma das mais animadas na caminhada. Segurando o estandarte em formato de barco, ela fez todo o trajeto do desfile, que partiu da Escola Parque até o Largo do Tamarineiro. “A idade avançada não é desculpa de não participar, até porque tenho, hoje, uma saúde boa, graças aos exercícios que faço na escola. Não perco um ano sequer. Temos que ser atuantes para buscar um mundo ainda melhor e, para isso, temos que cuidar do meio ambiente”. A mãe da estudante Simone dos Santos Borges, 14 anos, da Classe IV, Maria Cristina dos Santos, disse que faz questão de participar todos os anos, por acreditar que os pais devem acompanhar a vida escolar de seus filhos para que tenham um bom rendimento escolar. “Esta caminhada tem um significado importante de conscientização dos estudantes e da população em geral. ... Leia Mais »

Estudantes de Xique-xique e Feira de Santana atendem comunidade em feiras da educação profissional

Os estudantes dos cursos técnicos dos centros estaduais de Educação Profissional (Ceep) em Saúde do Centro Baiano, localizado em Feira de Santana e em Recursos Naturais do Centro Baiano, no município de Xique-xique, prestaram atendimento à comunidade, na feira de educação profissional que aconteceu, simultaneamente, nas duas cidades. A ação, que visa o compartilhamento do conhecimento adquirido pelos alunos com a comunidade, aconteceu nesta quinta e sexta-feira (5 e 6). Na III Feira de Saúde do Ceep Feira de Santana, os estudantes dos cursos técnicos em Análises Clínicas, Enfermagem e Saúde Bucal vivenciaram as práticas de suas futuras profissões. Os visitantes tiveram a oportunidade de aferir a pressão arterial, de calcular o Índice de Massa Corpórea (IMC) e de fazer teste de glicemia e Tipagem Sanguínea. No espaço, também era possível receber orientações alimentares, de prevenção a doenças periodontais e sexualmente transmissíveis, como AIDS, além de informações sobre Dengue, Zika e Chikungunya. “Prestamos serviços às pessoas e também aprendemos muito, pois, colocamos em prática tudo o que já foi estudado em sala de aula e nos estágios”, revelou a futura profissional de saúde, a estudante do curso técnico em Análises Clínicas, Jociele da Silva Miranda, 20 anos. Conhecimento que ajudou o visitante da feira, Durval Yoshidumi, 28, a descobrir seu tipo sanguíneo. “Gostei muito do atendimento dos estudantes porque eles passaram informações que são essenciais para todo mundo”, disse. Já na IV Feira de Saberes e Sabores, promovida pelo Ceep de Xique-Xique, a 586 km de Salvador, o foco dos estudantes foram os agricultores familiares e estudantes de escolas públicas da zona rural. De acordo com a diretora Maria Gorete, a intenção da feira foi conscientizar os pequenos agricultores familiares da região sobre questões como segurança alimentar e sustentabilidade. “Eles receberam informação de como produzir alimentos de modo sustentável e economicamente viável”, disse a gestora. A estudante Biânnica Alves Pereira, 20 anos, do curso técnico em Agropecuária, mostrou, no estande da sua turma, formas de transformar o lixo em brinquedos e enfeites de natal usando materiais recicláveis como garrafas pet e embalagens de produtos. “Além das dicas, enfatizamos sobre a importância da preservação do meio ambiente através da adoção de pequenas práticas como não jogar lixo nas ruas e reaproveitar materiais que podem ser úteis”, afirmou. ... Leia Mais »

Estudantes do Bairro da Paz participam de maratona de Química em Goiânia

Um misto de orgulho, ansiedade e expectativa toma conta de seis estudantes do Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos, localizado no Bairro da Paz, em Salvador. Eles participam da segunda fase da XXIII Maratona de Química, que acontece em Goiânia-GO, até sexta-feira (6/11). O evento, que tem como objetivo incentivar alunos a ampliarem os seus conhecimentos da Química, integra a programação do 55º Congresso Brasileiro de Química. “A emoção é grande e a expectativa, maior ainda. A gente fica com o pensamento fixo de que temos que fazer tudo certo. Tenho estudado muito, mas sempre fica a impressão de que não foi o suficiente. Sei que isso é fruto da ansiedade porque, no fundo, estou acreditando no nosso potencial”, relata Felipe de Souza Araújo, 16, 2º ano, destacando o seu orgulho de poder representar a sua comunidade e o seu Estado em um evento nacional. “Somos a única escola da Bahia com representantes neste tradicional evento. E como sou apaixonado por Física e Química, vi uma ótima oportunidade de expandir a minha aprendizagem. Quero poder representar o meu bairro da melhor forma possível”, completa. Sara Alves, 17, aluna do 3º ano, também está empolgada. “Minha expectativa é trazer o ouro para a Bahia. A nossa maior motivação de participar da competição é a curiosidade de compreender o que é a Química além da sala de aula, afinal existe a disciplina que conhecemos no colégio e aquela que sobressai às fórmulas escritas no quadro”, compara. A diretora do Colégio Paulo dos Anjos, Elisa Santos, que acompanhará os alunos a pedido dos pais, diz que a emoção dos estudantes participantes já contagiou toda a comunidade escolar. “A classificação deles contribuiu muito para elevar a autoestima, sem falar que estão servindo de exemplo para os colegas. Posso dizer que já somos vitoriosos nesta Maratona de Química, porque está estimulando os alunos a interessarem pelos estudos e muitos já estão falando em participar na edição do próximo ano”. Responsável por apresentar a atividade aos estudantes, a professora de Química, Marlene Costa, explica que os participantes serão avaliados por meio de questões práticas, através das quais terão que resolver fórmulas e cálculos. “A maratona é individual e preparamos os estudantes de acordo com os temas e obras que servirão de base ... Leia Mais »

Estudantes criam aplicativo para que pais acompanhem a vida escolar dos filhos

Os estudantes Thiago Mendes e Kaick Sousa, do Colégio Estadual Arthur Vieira de Oliveira, no município de Anguera, a 153 km de Salvador, desenvolveram um aplicativo para facilitar o acesso de informações sobre a vida escolar dos estudantes. Denominado de Ceativista (7vistas), a ferramenta possibilita o acesso a informações, como notas das avaliações, avisos, instruções, lembretes, tarefas e afazeres das referidas matérias, contribuindo para que os pais possam acompanhar a vida escolar dos filhos. A experiência foi apresentada à Secretaria da Educação do Estado da Bahia para verificar a viabilidade do seu uso por professores, estudantes e as famílias. “A ideia inicial foi criar uma agenda eletrônica que lembrasse os estudantes sobre as tarefas e os horários de aulas. Quem utilizar o aplicativo vai poder verificar quais são os exercícios de casa, por meio de anotações disponibilizadas pelo professores. Ainda estamos tentando desenvolver um ´Diário do Professor´, com anotações e notas dos alunos”, explica Thiago Mendes, 15 anos, estudante do 9º ano, ressaltando a orientação da professora Geiza Mendes, no desenvolvimento do projeto. O projeto, que foi desenvolvido através de uma plataforma gratuita do aplicativo no formato html5, está sendo reconhecido nacionalmente. “Após ficarmos em 2º lugar na IV Feira de Ciências e Matemática da Bahia, no ano passado, agora vamos representar o Estado, no dia 26 de outubro, na Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia (Mostratec), em Hamburgo, no Rio Grande do Sul. A escola abraçou a ideia e esperamos levar este projeto à frente”, destacou Kaick Sousa, 16, estudante do 1º ano. A coordenadora da Assessoria de Planejamento e Gestão, Fernanda Kumagai, da Secretaria da Educação da Bahia, ressaltou o trabalho e a iniciativa dos estudantes. “Nós estávamos pensando em um aplicativo parecido, mas o diferencial é que os estudantes trazem uma visão da escola. E essa indicação nos proporciona desenvolver um projeto mais próximo da realidade do estudante, do professor e dos pais. Este é um primeiro passo, onde gostaríamos de contar com o apoio deles para o desenvolvimento futuro de um aplicativo nestes moldes.” Fonte: Ascom – Assessoria de Comunicação, Secretaria de Educação do Estado Leia Mais »

Estudantes apresentam experiências sobre uso racional da água

A crise hí­drica, que atinge vá­rios países do mundo, in­clu­sive o Brasil, seja de­cor­rente de ques­tões cli­má­ticas como a falta de chuva ou por pro­blemas como a po­luição dos ma­nan­ciais, ins­pirou os es­tu­dantes da Es­cola Es­ta­dual Raul Sá, no bairro de Mus­su­runga, em Sal­vador. Os alunos es­co­lheram o tema “Água” para o de­sen­vol­vi­mento de ex­pe­ri­ên­cias apre­sen­tadas na I Feira de Ci­ên­cias da uni­dade es­colar. O ob­je­tivo da feira foi chamar a atenção da co­mu­ni­dade es­colar para a ne­ces­si­dade do uso ra­ci­onal e sus­ten­tável da água pelas atuais e fu­turas ge­ra­ções. Uma das no­vi­dades apre­sen­tadas, foi o pro­tó­tipo de um sis­tema de cap­tação de água da chuva. Trata-se de um pro­jeto ex­pe­ri­mental de uma mi­ni­cis­terna, de baixo custo, para apro­vei­ta­mento da água da chuva.  O ob­je­tivo foi testar o pro­tó­tipo para até mesmo su­gerir a cons­trução de sis­tema de cap­tação de água da chuva na es­cola. Os es­tu­dantes estão mo­ti­vados com a ex­pe­ri­ência. Ca­ro­lina Bessa, que par­ti­cipou do de­sen­vol­vi­mento do pro­tó­tipo, diz que esta foi a pri­meira de muitas ou­tras ex­pe­ri­ên­cias que virão. “Foi minha pri­meira feira de ci­ên­cias e uma ex­pe­ri­ência muito boa. Con­se­guimos or­ga­nizar cada etapa e apre­sentar o re­sul­tado final que me sur­pre­endeu”. A co­lega, Ra­faela Ro­dri­guez, também está sa­tis­feita com o re­sul­tado. “A feira foi ótima, ti­vemos muitos tra­ba­lhos in­te­res­santes e cri­a­tivos. Foi uma opor­tu­ni­dade de mos­trar nossa ca­pa­ci­dade e apren­di­zado para as pes­soas”, acres­centa. A pro­fes­sora de Bi­o­logia, Me­lissa Mello, co­or­de­na­dora da ati­vi­dade na es­cola, também faz uma ava­li­ação po­si­tiva da ati­vi­dade. “O re­sul­tado foi muito bom. Houve o en­ga­ja­mento dos es­tu­dantes e dos pro­fes­sores. A feira é uma aula di­fe­rente onde o que eles aprendem não es­quecem mais”, afirmou.  Fonte: Ascom – Assessoria de Comunicação, Secretaria de Educação do Estado Leia Mais »