Arquivos de Tag: sisu

Termina hoje prazo para inscrição no SISU

Serão ofertadas 56.422 vagas em 65 universidades federais e estaduais para o segundo semestre deste ano por Alisson Wanderfillk Para participar, os estudantes devem ter feito o ENEM em 2015 e não ter zerado a redação. As inscrições podem ser feitas no portal do MEC (http://sisu.mec.gov.br/) até às 23h59, o resultado será divulgado no dia 6 de junho e a matrícula deverá ser feita entre os dias 10 e 14. Aqueles que não forem selecionados poderão participar da lista de espera, entre 06 e 17 de junho. Os candidatos na lista começarão a ser convocados a partir do dia 23 de junho. Os estudantes podem optar por concorrer a vagas de ampla concorrência, vagas reservadas de acordo com a Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012) ou às vagas destinadas para as demais políticas afirmativas de cada instituição. Com informações da Agência Brasil     Leia Mais »

Enem: Inep divulga resultado de treineiros

Andreia Verdélio O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou hoje (8) o resultado individual para estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para fins de autoavaliação, os treineiros. O resultado está disponível na página do participante, no portal do Enem. Ao todo, 924.519 pessoas se inscreveram no Enem 2015 apenas para avaliar conhecimentos. São menores de 18 anos, no primeiro dia de realização das provas, que não concluíram o ensino médio em 2015. A divulgação 60 dias após a veiculação dos resultados para os demais participantes, ocorrida em 8 de janeiro, está prevista no edital do exame. As provas – realizadas nos dias 24 e 25 de outubro – avaliaram as áreas de ciências humanas e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias, além da redação, que teve como tema A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira. Leia Mais »

Sisu: candidatos em lista de espera começam a ser convocados

Agência Brasil As instituições de ensino superior iniciaram nesta quinta-feira (4) a convocação de candidatos em lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Na lista de espera, a convocação dos candidatos para a matrícula cabe às próprias instituições de ensino. Assim, é importante que os estudantes acompanhem as convocações na instituição em que tenham manifestado interesse. Nesta edição, o programa ofereceu 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior. O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual os estudantes participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) concorrem a vagas de ensino superior em instituições públicas. Puderam manifestar interesse na lista de espera os candidatos não selecionados em nenhuma das opções de curso na chamada regular e aqueles selecionados apenas para a segunda opção de curso. A adesão à lista de espera é permitida apenas para a primeira opção de vaga do candidato. Ao todo, 2.712.937 candidatos se inscreveram para concorrer às 228.071 vagas do Sisu do primeiro semestre de 2016. Engenharias, pedagogia e administração foram os cursos que lideraram a oferta de vagas. O curso de medicina, mais uma vez, teve a maior concorrência, 52 candidatos por vaga, seguido por psicologia, com 49,4, e por educação física, com 42,4. As mulheres formam a maior parte dos inscritos, 57,1%. Os candidatos de até 22 anos de idade totalizaram 71,8% dos concorrentes às vagas. Leia Mais »

Recordista do Enem passa em 1º lugar em engenharia na Ufba

Da redação O estudante Leonardo Rigo, que acertou todas as questões de matemática, e teve a maior pontuação da disciplina na história do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), conquistou outro feito. Ele passou em primeiro lugar para o curso de Engenharia Mecânica na Universidade Federal da Bahia (Ufba). A lista de aprovados na Universidade foi divulgada segunda-feira, 18. Leonardo, de 17 anos, natural de Salvador e estudante do Colégio Oficina (Pituba), ainda não sabe se vai seguir na graduação. Ele pretende cursar o primeiro semestre para conhecer um pouco a área e conseguir se definir sobre a carreira que quer seguir. O estudante também fez o vestibular da Universidade de São Paulo (USP) e passou para segunda fase. Como a universidade não tem o curso de Engenharia Mecânica, ele se inscreveu em Física, mas desistiu da disputa por uma vaga. Além dos 1.008,3 pontos somados na prova de matemática, Leonardo ainda tirou 980 na prova de redação. Leia Mais »

Lista de pré-selecionados no ProUni é divulgada nesta segunda (25)

Agência Brasil A lista com os nomes dos candidatos pré-selecionados a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) já está disponível na internet. O resultado da primeira chamada pode ser acessado na página do programa, na Central de Atendimento, pelo telefone 0800-616161, e nas instituições de ensino participantes. O estudante deve comparecer até o dia 1º de fevereiro na instituição para a qual foi pré-selecionado e comprovar as informações prestadas na ficha de inscrição. A perda do prazo ou não comprovação das informações implicará, automaticamente, reprovação do candidato. A segunda chamada será divulgado no dia 12 de fevereiro, e a comprovação das informações dos pré-selecionados nesta etapa deverá ser feita até 18 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das duas chamadas poderá entrar na lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção. O interesse em participar da lista de espera deve ser manifestado pelo candidato entre 26 a 29 de fevereiro de 2016, na página do ProUni. Por meio do programa, estudantes concorrem a bolsas de estudos parciais e integrais em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta primeira edição de 2016, o programa ofertou 203.602 bolsas para 30.931 cursos. Leia Mais »

Sisu tem resultados divulgados nesta segunda-feira (18)

O Ministério da Educação divulgou nesta manhã desta segunda, 18, o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), na internet. Ao todo, 2.712.937 candidatos se inscreveram para 228.071 vagas em 131 instituições públicas de ensino superior. Os candidatos selecionados deverão fazer a matrícula nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. O Sisu usa as notas do Enem para selecionar candidatos às vagas em instituições públicas de educação superior em todo o país. Lista de espera Aqueles que não foram selecionados na primeira opção de curso poderão participar da lista de espera, também a partir de hoje (18). O prazo para que isso seja feito vai até 29 de janeiro. Basta acessar o portal do Sisu e clicar na opção que confirma a inscrição na lista de espera. O resultado dos selecionados pela lista será divulgado no dia 4 de fevereiro. Caberá ao estudante procurar a instituição de ensino e fazer a matrícula. Leia Mais »

Inscrições para o Sisu terminam nesta quinta (14)

Estadão conteúdo O último balanço de notas de corte parciais para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi divulgado nesta quinta-feira, 14, e já pode ser consultado pelos estudantes no portal de inscrições. Os valores representam a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados para as 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior. As notas foram divulgadas na última sexta, 8. As inscrições podem ser feitas até as 23h59 desta quinta. Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2015. Nos dois primeiros dias de inscrições, candidatos registraram pelas redes sociais reclamações de instabilidade do portal para ver as notas. O Ministério da Educação (MEC) disse que, por causa do alto número de acessos simultâneos, foram feitas otimizações no site, o que resultou em sua retirada do ar por 30 minutos. Até às 15h de quarta, diz o MEC, foram 2.159.762 candidatos inscritos. O sistema permite que o candidato monitore as notas e mude as inscrições quantas vezes quiser até o prazo final. Como as notas de corte mudam a cada dia, o candidato que tiver nota inferior pode escolher outro curso e/ou instituição com nota mínima mais baixa para aumentar sua chance de aprovação. Ao se inscrever no Sisu, o participante pode escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência. É possível mudar essas opções durante todo o período de inscrição. O candidato também precisa definir se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às reservadas à lei federal de cotas ou às vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições de ensino superior. Leia Mais »

Inscrições em universidades pelo Sisu começam em 11 de janeiro

Estadão Conteúdo Começam no dia 11 de janeiro as inscrições para a primeira edição de 2016 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pelo site. Serão disponibilizadas mais de 200 mil vagas em 128 instituições públicas de educação superior. O prazo de inscrições vai até às 23h59 do dia 14 de janeiro. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a inscrição só pode ser feita pelo estudante que tenha participado da edição de 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Está impedido de se inscrever aquele que tenha tirado zero na prova de redação. O resultado será divulgado no dia 18 de janeiro. As notas do Enem 2015, por sua vez, serão divulgadas no dia 8 de janeiro. O estudante pode se inscrever no processo seletivo do Sisu em até duas opções de vaga, em ordem de preferência por instituição de ensino superior participante, local de oferta, curso e turno. O sistema irá disponibilizar ao estudante, em caráter informativo, a nota de corte para instituição, curso, turno e modalidade. As notas serão atualizadas periodicamente conforme o processamento das inscrições efetuadas. Os candidatos selecionados deverão efetuar a matrícula nas instituições nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Para participar da lista de espera, o estudante deve manifestar interesse de 18 a 29 de janeiro. Leia Mais »

ENEM: Quatro instituições de Portugal vão aceitar notas de exame

Mariana Tokarnia l Da Agência Brasil Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão usar as notas na avaliação para entrar em mais quatro instituições portuguesas, informou nesta quarta-feira (02) o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). A partir do ano que vem, as universidades de Lisboa e de Aveiro e os institutos politécnicos de Coimbra e da Guarda passarão a utilizar o Enem na seleção de estudantes brasileiros. Entre outros cursos, os interessados poderão concorrer a vagas nas áreas de educação, comunicação e desporto, tecnologia e gestão, turismo e hotelaria e saúde. De acordo com o Inep, a seleção de estudantes de outros países para as instituições de ensino superior de Portugal terá início em janeiro de 2016. O resultado do Enem 2015 deverá ser divulgado no mesmo mês. De acordo com a legislação portuguesa, até 20% dos alunos das universidades e institutos politécnicos podem ser estrangeiros. Com as quatro instituições, a lista de universidades e institutos de Portugal que aceitam o Enem como critério de seleção sobe para 11. A primeira instituição do país europeu a permitir o acesso de estudantes brasileiros por meio do Enem foi a Universidade de Coimbra, que, em 2014, começou a aceitar a nota no exame. Também desde 2014, o Inep tem acordo firmado com a Universidade do Algarve. Em 2015, os institutos politécnicos de Portalegre (IPP), do Porto (IPP), de Leiria (IPL) de Beja (IPBeja) e de Barcelos (IPCA) também assinaram convênios com a autarquia. Leia Mais »

Gabaritos do Enem já estão disponíveis na internet

Os gabaritos das provas objetivas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já estão disponíveis no site http://enem.inep.gov.br/, divulgados nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). As provas do Enem foram aplicadas no último final de semana, nos dias 24 e 25, e mais de 5,7 milhões de candidatos fizeram o exame. As provas digitalizadas estarão disponíveis na sexta-feira (30). As notas individuais só poderão ser consultadas na primeira semana de janeiro, quando também deve ser lançado, segundo o Ministério da Educação, o edital com as vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para acesso a instituições públicas de ensino superior. Mesmo com o gabarito em mãos o candidato ainda não consegue saber a nota que tirou, porque o sistema de correção do Enem usa a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), ou seja, o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que teve grande número de acertos será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. E o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item. Além da seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sisu, com a nota do Enem, o estudante de baixa renda pode tentar uma vaga na educação superior por meio do programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudos em instituições particulares de educação superior. O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa Ciência sem Fronteiras e ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado ainda como certificação do ensino médio. Com informações da Agência Brasil. Leia Mais »